Clientes insatisfeitos: Como reclamar seguros

Como reclamar segurosTem dificulades na regularização dum sinistro, ou interpreta as condições do contrato de forma diferente do que a sua seguradora? Saiba como reclamar.

Seja quais forem as dificuldades que surgem com uma seguradora, seja depois dum sinistro ou por causa da cobrança de prémios – o primeiro passo é sempre entrar em contato com a companhia de seguros. Todas as seguradoras têm uma área que trata das reclamações.

Se fizer a sua reclamação por telefone, deve anotar a data e a hora do telefonem, assim como o nome da pessoa com quem falou. Se entrar em contato por email ou pelo formulário online, guarde os comprovativos da sua comunicação. Quando reclamar por escrito deve fazê-lo num prazo de 15 dias desde que o seu problema surgiu. Vale a pena investir numa carta registada, de forma a provar que entrou em contato com a seguradora.

Reclamar seguros: a documentação necessária

Quando se dirige à sua seguradora, deve explicar o seu problema e o seu objetivo de forma clara. Identifica-se com nome, morada, número do contrato ou número do sinistro. Se tiver cópias de recibos, faturas e identificação de testemunhas, pode enviar também. Deve sempre guardar uma cópia de todas as comunicações feitas.

Se não conseguir chegar a um acordo com a companhia e sente que tem razão, pode reclamar no Portal do Consumidor ou no Portal do Consumidor do Instituto de Seguros de Portugal.

Reclamar seguros: onde reclamar

receba comparar-juros.com por mailO Instituto de Seguros de Portugal é a autoridade nacional responsável pela regulação e supervisão de seguradoras. Fazer reclamação no ISP é gratuito. O Instituto não toma decisões vinculativas sobre os casos, mas o seu parecer tem um papel relevante na resolução dos mesmos. Pode dirigir a sua reclamação atráves do site do ISP ou por correio postal, eletrónico ou fax. Outra forma de a sua reclamação chegar ao ISP é usar o livro de reclamações.

Alternativamente, pode reclamar no CIMPAS – o Centro de Informação, Mediação, Provedoria e Arbitragem de Seguros. O CIMPAS formula uma recomendação à sua seguradoa, depois de ter recebido a sua reclamação. Mas atenção: O CIMPAS não pode revogar nem alterar as decisões dos seguradores.

Caso não ficar satisfeito com o resultado das suas reclamações, pode se sempre dirigir a uma Associação de Defesa do Consumidor como a DECO ou a um centro de informação autárquica ao consumidor (CIAC). Se procurar a palavra CIAC no Portal do Consumidor saberá se há um CIAC no seu concelho.

Ir a Tribunal devia sempre ser os seu último recurso, visto ser um processo que leva tempo e custa dinheiro.

subscrever newsletter